Mascote

MASCOTE

  • Revisões ilimitadas
  • SVG, PNG, JPG, AI
  • Vetorizado
  • R$299
Por R$199
ou parcele em até 12x

2 avaliações para MASCOTE

  1. Designer muito atencioso e rápido, com talento conseguiu alcançar o que eu desejava, está de Parabéns!

    (comprador verificado)

  2. ótimo atendimento, Victor fez todas as alterações que pedi, amei o resultado.

    (comprador verificado)

Dúvidas sobre o nosso serviço de criação de Mascote ou sobre nossos pacotes? Envie a sua pergunta!

Mascote: O guia definitivo. A importância de uma mascote na sua marca.

Quem nunca viu uma mascote e imediatamente lembrou de uma marca?

Estes personagens fictícios são complementos que destacam uma marca na escolha de determinado produto.

Se você está abrindo um negócio e vem pensando em adotar uma mascote para representar a sua marca ou uma linha de produtos, é de suma importância que você leia este guia definitivo.

Todos querem lançar a próxima mascote famosa, mas é importante estar bem informado e avaliar se vale mesmo à pena adotar esta estratégia de marketing para determinada empresa, produto ou serviço.

Aqui você entenderá os benefícios em adquirir uma mascote para empresas e aprenderá quais tipos de empresa são bem representados por um personagem.

O QUE É UMA MASCOTE?

A mascote é um personagem que representa toda uma marca ou uma linha de produtos em particular.

Segundo o Wikipedia:

Mascote é o nome dado a um animal, pessoa ou objeto animado que é escolhido como representante visual ou identificador de uma marca, uma empresa ou evento. São, normalmente, humanizadas e utilizadas para atingir públicos específicos (o público infantil, o público jovem, entre outros).”

Você já deve ter notado que, geralmente as mascotes apresentam uma característica específica e única dando a elas a personalidade que mais combina com o público-alvo de determinada marca.

Entre as características das mascotes mais comuns estão: Um sorriso largo e charmoso, um chapéu diferente, um rosto engraçado e carismático ou mesmo bravo e que demonstre poder, rebeldia, liberdade,etc.

Algumas mascotes possuem uma personalidade tão forte e características tão marcantes que são mais memoráveis para o público do que a própria empresa.

Uma característica também muito comum em mascotes é que elas demonstram estar sempre cheias de energia e radiantes. Marcas infantis, por exemplo, atraem crianças com personagens animadas e coloridas.

Mas será que estes protagonistas corporativos são realmente benéficos para todos os tipos de empresa?

BENEFÍCIOS EM ADOTAR UMA MASCOTE PARA A SUA EMPRESA

Os benefícios de uma mascote para algumas organizações em particular é o destaque que este elemento proporciona à marca, podendo se tornar verdadeiros heróis, muitas vezes de produtos bem comuns e altamente competitivos.

Muitas vezes as pessoas associam a presença de uma mascote com a alta-qualidade de um produto.

Outro benefício é que elas são praticamente uma representação “humana” de uma organização, atuando e evidenciando as emoções que a marca deseja despertar nas pessoas.

O público-alvo da organização então acaba se associando às qualidades da mascote e viram seguidores.

Além da mascote promover a marca, um produto ou evento, este elemento pode acabar se tornando o próprio produto, estampado em camisetas, bonés e podem até virar pelúcias.

Em outras palavras, as mascotes podem ficar tão famosas que acabam virando produtos promocionais, e algumas vezes até um dos patrimônios mais importantes de uma corporação.

Mas será que tudo são flores no mundo das mascotes?

E o que acontece se o público não se interessar pelo personagem da empresa?

FALHA NA HISTÓRIA DAS MASCOTES

Por mais que estas figuras pareçam ser influentes na decisão da compra e até mesmo a solução para muitos produtos, às vezes o plano não sai como esperado.

É ótimo para qualquer organização que a mascote se torne notável e que destaque a sua marca da concorrência, mas e quando o personagem se torna notável de uma maneira negativa?

E se o público associar a mascote com a sua marca, mas o elemento de publicidade não agradar?

Este é um risco que toda empresa que lança uma mascote corre, e a melhor maneira de ser evitado é com uma boa pesquisa, um plano meticuloso, um conceito por trás da mascote e um excelente ilustrador para criar a arte.

A MASCOTE OFICIAL DA COPA DO MUNDO EM 2006

Um exemplo inesquecível foi o leãozinho, chamado Goleo, desenvolvido para ser a mascote oficial da copa do mundo em 2006.

O leãozinho, apresentava uma expressão bem séria, se comparado à outras mascotes anteriores, tanto que chegava a parecer um pouco triste e desanimado. Goleo levava em seus braços uma outra mascote, uma bola falante, chamada Pille.

O fato é que esta mascote foi altamente criticada pelos alemães, que insistiam em reclamar que o leão é um animal que não representava o seu país, e que o animal escolhido parecia representar melhor o símbolo da rivalidade entre a Inglaterra e os países baixos do que a própria pátria.

O uso da mascote errada resultou em críticas e rejeição levando as vendas dos produtos promocionais com esta mascote ao fracasso e, consequentemente, acarretou na falência da empresa licenciada.

Lançar uma mascote sem brilho pode se tornar um problema, assim como lançar uma mascote em uma empresa inadequada.

É importante se certificar de que o uso de uma mascote é uma boa idéia antes da decisão de lançar uma.

No parágrafo a seguir, citamos alguns exemplos de empresas ideais.

OS TIPOS DE EMPRESAS QUE MAIS UTILIZAM MASCOTES

A mascote é uma personagem que algumas das empresas mais respeitadas do mundo utilizam para destacar a sua marca da concorrência, tornado-a inesquecível na memória do público.

As marcas mais notáveis que utilizam mascotes em suas logos são:

  • Pringles
  • Quaker
  • Kellog’s
  • KFC
  • Casas Bahia

Todos reconhecem estas marcas apenas pela imagem da mascote.

Se você estiver interessado em adotar um personagem para a sua corporação, mas não sabe bem quais são os tipos de empresas que utilizam mascotes em sua estratégia de marketing, saiba que os ramos mais populares são:

 

  • Alimentício
  • Entretenimento
  • Produtos Infantis
  • Fitness
  • Vestuário

 

Apesar de estes serem os ramos mais comuns, é sempre bom pesquisar se há casos de sucesso no uso de mascotes em outros tipos de empresa.

Quem sabe a sua não se encaixe em uma exceção?

AS MASCOTES MAIS FAMOSAS NO BRASIL E NO MUNDO

Há mascotes tão famosos que só de olhar para elas, as pessoas reconhecem de quais marcas elas pertencem, ótimos exemplos são:

Tony, o tigre – Kellogg’s

Criado em 1951 e personagem da infância de muitos “Tony the tiger” é um ícone no mundo das mascotes, e pertence à linha de cereais da marca Kellogg’s.

Ronald Mc Donald – Mc Donald’s

Este palhaço lançado em 1963 para representar a maior rede de fast-food do mundo ficou super famoso, especialmente entre as crianças, após as suas aparições em comerciais de tv.

Além disso, Ronald Mc Donald fez aparições em filmes e até foi protagonista em vídeo games, como por exemplo, Mc Donald’s na aventura da terra do tesouro, lançado em 1993 para o então super popular vídeo game Mega Drive.

Lequetreque – Sadia

Este peru é uma mascote brasileira, símbolo da marca Sadia desde a década de 1970.

Ela foi lançada para promover alguns produtos na época, incluindo um frango defumado.

A partir de então o personagem foi adotado pela marca como sua mascote oficial.

Baianinho – Casas Bahia

Criado em 1970, o Baianinho, um bonequinho super alegre que representa as Casas Bahia, já passou por algumas modificações e em sua versão mais recente, ele aparece como uma mascote em 3D.

O coelhinho Duracell – Duracell

Este coelhinho rosa já vem promovendo a empresa Duracell desde 1973.

O coelhinho foi lançado para promover as pilhas alcalinas duracell, que demonstram ser mais duráveis do que pilhas de carbono de zinco.

O personagem é movido por pilhas alcalinas e se apresenta sempre super ativo em suas aparições.

A IMPORTÂNCIA DE UMA MASCOTE PARA A MARCA

Concluindo, a importância de uma mascote para a marca realmente depende do tipo de empresa, estratégia de marketing, público-alvo, entre vários outros fatores.

Muitas empresas encontraram oportunidades em suas mascotes, enquanto para outras, o sucesso aconteceu por acaso.

É importante reforçar que um plano bem elaborado, a opinião de um publicitário e o talento de um ilustrador podem fazer uma grande diferença no processo.

Lembramos também que apenas frisamos os ramos mais populares na utilização de personagens na construção de marcas, mas que há possibilidade de oportunidades em vários outros ramos.

Há muito a ser considerado antes de se criar uma mascote, mas a equipe certa, poderá te ajudar na tomada de decisões.

Infográfico sobre mascote